Megaempresas pedem que Trump cuide do Clima

Em artigo publicado nesta semana, Barack Obama faz um apelo para que seu sucessor, Donald Trump, continue a estimular o uso de fontes de energias renováveis. Ele afirma que “a urgência de agir para mitigar a mudança climática é real e não pode ser ignorada”.

Essa é uma preocupação que também atinge algumas das maiores empresas e investidores do país. Afinal, a julgar por suas opiniões, Trump é um outsider — e potencial ameaça — no debate sobre o maior desafio ambiental de nossos tempos.

Atentas ao risco, mais de 540 empresas e 100 investidores – desde corporações emblemáticas da lista Fortune 500 a pequenas empresas familiares – estão pedindo ao governo Trump e ao novo Congresso que apoiem políticas para acelerar um futuro com baixas emissões de carbono para combater as mudanças climáticas.

Juntas, elas representam uma receita anual de quase US$ 1,15 trilhão e empregam cerca de 1,8 milhão de pessoas em todo o país.

O movimento empresarial Low-Carbon USA reúne gigantes como Nike, L’Oreal, Levi’s, Starbucks, Gap, Hilton, Johnson & Johnson e Unilever, e grandes multinacionais como DuPont, General Mills, Hewlett Packard Enterprise, IKEA, Kellogg Company, Mars Incorporated , Pacific Gas e Electric, Schneider Electric, entre outras.

Na declaração aberta, os signatários destacam que o apoio a uma economia com baixas emissões de carbono é mais forte do que nunca e convidam o novo governo americano a apoiar fortemente a causa.

Eles ressaltam a necessidade de continuar com o investimento em uma economia de baixa emissão de carbono no país e no exterior, a fim de dar aos decisores financeiros clareza e aumentar a confiança dos investidores.

Outro pedido é para a continuação da participação dos EUA no Acordo Climático de Paris, a fim de fornecer direção de longo prazo necessária para limitar o aquecimento global.

Fonte: Exame.com, por Vanessa Barbosa

Comentários

Mais Lidas

Técnicas de plantio, manejo e colheita para estimular o cultivo e consumo de hortaliças. Esses conceitos são detalhados na cartilha Horta em Casa. A iniciativa é de profission
29/04/2015
Uma casa sustentável definida como ”padrão europeu” chamou a atenção dos moradores de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. A construção foi feita em apenas seis d
04/07/2016
A bioconstrução se baseia no princípio de que é possível construir tendo um impacto ambiental muito baixo. Para promover este conceito e apresentar técnicas práticas, o Mini
04/02/2016
Andar de bicicleta é uma tendência mundial. Pode reparar que esta aumentando o número de ciclistas, principalmente nas grandes cidades. E olha só esta novidade: uma ciclovia gi
16/12/2015

Ultimas Notícias

O consumo crescente de antidepressivos tem um efeito colateral preocupante no meio ambiente: a maior exposição de animais marinhos ao acúmulo dessas substâncias químicas nas
05/09/2017
O arquiteto italiano Giancarlo Zema projetou uma casa um pouco diferente das que estamos acostumados a ver. Batizada de “WaterNest 100”, ela é uma casa circular flutuante, ou
01/09/2017
Nessas últimas semanas, a Floresta Amazônica ganhou os holofotes por conta de novas determinações do governo federal que, em 24 de agosto de 2017, publicou uma revogação do d
01/09/2017
Um total de 1.559 municípios brasileiros (quase 30% do total) recorreram aos lixões a céu aberto em 2016, o que significa que pela primeira vez em sete anos, desde a criação d
01/09/2017

Facebook

Twitter

661 people follow ecoguiabr
vncbhz vncbhz sdf_fashion sdf_fash giovanetoledo giovanet EvertonLang1 EvertonL IngriddeFreit15 Ingridde somoslatribu_ somoslat gestor_fabio gestor_f dparroyo dparroyo EPSeReciclavel EPSeReci gui_am_ gui_am_ Mariaparreira Mariapar eltonmartinsg12 eltonmar

Google+