Obra de arte com figuras submersas alerta sobre fragilidade oceânica

obra
10/01/2017
Fonte:

Mergulhadores desavisados podem levar um grande susto no largo da costa de Lanzarote, na Espanha. Isso porque mais de duzentas figuras humanas em tamanho natural foram dispostas em um círculo, a aproximadamente 14 metros de profundidade. Trata-se da exposição do Museu Atlântico, primeiro espaço subaquático do tipo na Europa, oficialmente concluído este mês.

A instalação artística constitui um recife complexo para as espécies marinhas e visa comunicar a fragilidade de nosso ecossistema e a relação humana com o ambiente marinho natural. O projeto é de autoria do artista britânico Jason de Caires Taylor, que diz que o espaço tem como objetivo promover a conservação e a educação ambiental.

obra-2

As esculturas, feitas de materiais inertes, neutros em termos de pH, foram especialmente criadas para se tornar recifes artificiais e atrair espécies de peixes locais. As obras são feitas para durar centenas de anos e ajudar a aumentar a conscientização sobre as ameaças que enfrentam os oceanos do mundo. As primeiras obras, instaladas há menos de um ano, já viram um aumento de mais de 200% na biomassa marinha.

obra-3

Algumas das obras retratam empresários a negligenciar o que está a sua volta, uma forma clara de mostrar como as grandes corporações são irresponsáveis no modo como utilizam recursos naturais em suas produções. A maioria das figuras, no entanto, são baseadas em modelos de todas as idades e de todas as esferas da vida.

obra-4

“A instalação artística nos lembra que evoluímos da vida marinha e estamos todos sujeitos aos movimentos e à vontade do oceano”, diz uma declaração no comunicado de imprensa do museu. “A peça encarna nossa vulnerabilidade nua, seu poder inerente e nossa fragilidade diante de seus ciclos e força imensa. O oceano fornece o oxigênio que respiramos, que regula o nosso clima e fornece uma fonte vital de nutrição para milhões de pessoas. Uma visita ao Museu Atlântico pode levar-nos a uma compreensão mais profunda da nossa relação com o ambiente marinho natural e apreciar a necessidade de valorizar e proteger este ecossistema frágil, a fim de salvar a nós mesmos”, conclui o informe.

Redação EcoGuia

Comentários

Mais Lidas

Técnicas de plantio, manejo e colheita para estimular o cultivo e consumo de hortaliças. Esses conceitos são detalhados na cartilha Horta em Casa. A iniciativa é de profission
29/04/2015
Uma casa sustentável definida como ”padrão europeu” chamou a atenção dos moradores de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. A construção foi feita em apenas seis d
04/07/2016
A bioconstrução se baseia no princípio de que é possível construir tendo um impacto ambiental muito baixo. Para promover este conceito e apresentar técnicas práticas, o Mini
04/02/2016
Andar de bicicleta é uma tendência mundial. Pode reparar que esta aumentando o número de ciclistas, principalmente nas grandes cidades. E olha só esta novidade: uma ciclovia gi
16/12/2015

Ultimas Notícias

A cidade de Aparecida, localizada na região administrativa de São José dos Campos, anunciou que irá construir 62 moradias para famílias de baixa renda que contém placas fotov
23/06/2017
A Itaipu Binacional inaugurou, em Foz do Iguaçu, no Paraná, uma unidade de demonstração de biogás e biometano. A planta é a primeira do Brasil que utiliza como matéria-prima
23/06/2017
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, propôs a instalação de painéis solares no muro que quer erguer na fronteira com o México para que a energia produzida ajude a fi
23/06/2017
O governo da Noruega informou nesta sexta-feira ao presidente Michel Temer, em visita ao país, que vai reduzir pela metade os recursos destinados a proteger a floresta amazônica
23/06/2017

Facebook

Twitter

655 people follow ecoguiabr
BRKAmbiental BRKAmbie eltonmartinsg12 eltonmar almontdobrasil almontdo SamuelRacional SamuelRa BrendoMarcio01 BrendoMa hidraluxoficial hidralux abgularte abgulart LuizRoncaglione LuizRonc thaniscastro thanisca carrosbaratos1 carrosba ovenenozo ovenenoz anabaganha anabagan

Google+